quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Sobre filiação ao Partido Conservador - PACO - de ateístas, agnósticos, membros de religiões afro-brasileiras e outros não cristãos

Escrito por Edson Navarro Tasso*
O Partido Conservador tem posição bem definida no sentido de o conservadorismo ser cristão. A ficha de prefiliação não pergunta se o candidato a se filiar é cristão, bastando que se declare conservador. No entanto, não recomendamos filiações de membros de outras religiões porque só provocarão conflito dentro do Partido. 

Os ateístas, definidos como aqueles que negam categoricamente a existência de Deus, asseverando a inconsistência de qualquer saber religioso ou revelado por Cristo, não admitem a existência de Deus nem sequer por argumentação racional. 

Ora, se é assim, então o ateísta só vai atrapalhar o desenvolvimento dos grupos conservadores, haja vista que sempre estará contestando nossos valores baseados principalmente no fato mais conservador da nossa vida: a existência de Cristo como Deus. Portanto, os ateístas não são bem vindos ao PACO.

Os agnósticos, por outro lado, consideram que a razão humana não possui capacidade de fundamentar racionalmente a existência de Deus. Isto é, se eles vierem para dentro do Partido vão escarnecer dos conservadores que já assumiram a existência de Deus como um dado certo e indispensável da vida. Portanto, de novo, para evitar discussões inúteis, é melhor que fiquem de fora do nosso Partido. 

Quanto ao caso das religiões afro-brasileiras, que são aquelas originadas da cultura de diversos povos africanos trazidos como escravos ao Brasil, temos a dizer o seguinte: A libertação dos escravos ocorreu há mais de um século. Portanto, já houve tempo de reconhecerem ou não os valores conservadores. Por isso, se ainda não reconhecem nossos valores então não há motivos para se filiarem ao Partido.

Os islâmicos são os piores. Para eles, qualquer conservador é um cristão que deve ser assassinado. Por isso, planejam cortar nossos pescoços. Então para quê deixá-los vir para dentro da nossa casa?

Adotamos esse filtro para não termos sérios problemas no futuro. Não adianta crescer e depois morrer por divisões internas. Os esquerdos não serão aceitos como filiados ao PACO, bem como também não queremos aqueles que se consideram conservadores, mas não são cristãos.

Fazemos exceção apenas ao judaísmo por que o Deus, nesse caso, mesmo que eles não queiram, é o mesmo.

* Edson Navarro Tasso é Presidente do Partido Conservador - PACO

Nenhum comentário: