quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

18 – DELIMITAÇÃO DE UM NOVO PAÍS NO BRASIL. Ou: Os limites do estado mínimo dos conservadores

Por tudo que foi dito anteriormente, conclui-se que governo deve proteger tudo aquilo que foi considerado bom até hoje. A mudança pode ocorrer desde que seja aprovada por ampla maioria como mais uma boa conquista. 

Assim sendo, o governo deve proteger direitos naturais, propriedade, liberdade e vida em abundância. Ocorre que esse tipo de proteção é o contrário de impor direitos ditos “humanos”, tais como homossexualismo, abortismo, igualitarismo e outras medidas totalitárias e socialistas. 

O homem capitalista deve perceber que o inimigo usa da democracia e da liberdade conservadoras para tomar o poder. Uma vez no poder ele arranca pouco a pouco todas as conquistas capitalistas, agride bons costumes, satiriza tradições e centraliza todos os instrumentos de produção nas mãos do estado. 

Marx disse que a tomada de poder seria por violações do direito de propriedade, das relações de produção e por medidas que do ponto de vista econômico pareceriam incompetentes, mas que a passagem do tempo provaria serem indispensáveis como meio de tomada de poder definitivo. 

A grande maioria dos brasileiros pensa que o governo da organização PT faz o que faz porque é incompetente, mas é um grande engano, haja vista que os dirigentes do PT querem destruir ou suprimir as relações de produção com propósitos de adquirir mais poder. 

Eles tomam medidas aparentemente incompetentes, mas estão certos que terão mais poder, exatamente como o Maduro na Venezuela, bem como estão certos de que a população ficará mais pobre, também exatamente como a população da Venezuela.

Ou seja, gastar mais de dezesseis bilhões de reais em obras fora do Brasil e não construir nenhum trecho de estrada em território brasileiro é incompetência ou deliberada destruição da economia brasileira?

O que Marx escreveu e o que o PT faz é a pura descrição do processo de implantação dos governos totalitários de Cuba, Coreia do Norte, União Soviética, China e Venezuela, lugares onde desapareceram liberdade, propriedade, esperança e a vida também gradativamente desaparece.

Portanto, uma proposta conservadora de constituição deve criar um estado cujo poder seja mínimo, mas com poder de polícia militarizado visando a impedir a tomada de poder pelo socialista. 

Ou seja, o estado mínimo ou conservador teria poder apenas de pacificar conflitos de liberdade entre pessoas físicas ou jurídicas sem interferir na vida ou na liberdade delas, para preservar os direitos naturais e garantir segurança nacional.

Nenhum comentário: