segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

17 – A RELIGIÃO DO HOMEM CONSERVADOR

Quem leu alguns artigos sobre a literatura socialista sabe que Marx, o principal redator do manifesto comunista(1), era um anticristão. Mais do que anticristão, ele era um satanista. 

Marx usou de falácias para vender ideias socialistas. A primeira premissa das falácias dizia, por exemplo, que as ideias humanas mudavam com o tempo, a segunda premissa falava das mudanças da tecnologia, mas na conclusão afirmava que as ideias vencedoras sempre foram da classe dominante. Isso é mentira!

Marx disse que as ideias predominantes em qualquer época foram sempre ideias de uma suposta classe dominante. No entanto, Cristo venceu todo o império romano sem nunca ter pertencido a algum grupo social dominante. Logo, Marx mentiu.

As velhas religiões do mundo antigo e o paganismo foram vencidos pela idéia nova do cristianismo. 

O homem conservador venceu o feudalismo, mas isso não significa que o homem capitalista travou uma luta de morte contra o cristianismo para restaurar as antigas religiões anticristãs que acompanham o socialista. 

Ao contrário, o homem conservador, cristão por excelência, sofre o combate maligno e mortífero dos estados islâmicos e culturas atrasadas da antiguidade. Quem acompanha o socialista é justamente o paganismo e os resquícios das ditaduras existentes antes ou depois de Cristo.

Sem dúvida, pode-se dizer que o homem conservador é a descrição do homem cristão e que a religião, a moral, a filosofia, a política e o direito mantiveram-se impregnados do cristianismo.

Mas o filho do anjo decaído quer criar nova verdade, nova religião, nova moral e um novo sistema político em que o esquerdo seja dono do ser humano que seria transformado em escravo da máquina estatal. 

Só que esse novo homem seria o retorno às misérias, às injustiças e às desvalorizações da mulher existentes antes de Cristo.

Por isso, repito a você que todo ser humano é capitalista e que ama suas famílias e valoriza a mulher seguindo o preceito cristão: família é a união de um homem e uma mulher por toda a vida. 

Portanto, a religião do homem conservador é a cristã que continua sendo perseguida pelos estados, haja vista que o islamismo não é religião, mas sim uma ditadura socialista comandada por um califa que assume o lugar de Deus.

Nenhum comentário: