terça-feira, 23 de janeiro de 2018

6 – SOBRE O ESPECTRO DO GOVERNO MUNDIAL SOCIALISTA

Resultado de imagem para imagens de monstros do governo mundialO maior perigo dos dias de hoje é o espectro do governo mundial travestido de capitalista, mas essencialmente uma ditadura escravagista ao estilo da chinesa em que aproximadamente quinhentos dirigentes do Partido Comunista são donos das coisas, dos corpos e das vidas dos um bilhão e trezentos milhões de habitantes daquele país.

Nesse mundo de estados essencialmente anticristãos não existe pessoa ou partido conservador que não tenha sido acusado de capitalista selvagem ou que não tenha sido criticado por ser portador de um dos pecados originais simplesmente por defender a propriedade, a liberdade, a instituição da família ou por se opor ao totalitarismo socialista.

Desde a publicação do manifesto comunista que o ser humano é provocado a ser perfeito, mas ao mesmo tempo é massacrado por seus defeitos, ao invés de ser perdoado como Cristo propôs. 

O ser humano, capitalista por natureza ou por criação divina, é o inimigo sempre presente nos delírios do criador da maior arma de destruição dos filhos de Deus: a exploração dos defeitos da natureza humana. Lenin, o primeiro ditador socialista ditou uma das principais regras dessa arma de extermínio: “Acuse-os adversários do que você faz, chame-os do que você é!”

Decorre desses fatos que o capitalismo é o resultado da força que possui o ser capitalista criado por Deus e que construiu toda a riqueza existente atualmente. Decorre também que o socialismo é um sistema inventado por Marx com o fito de exterminar seres humanos, cumprindo os desígnios do anjo decaído.

Assim sendo, o manifesto comunista deve ser desmascarado por ser uma ode à loucura, ode à morte ou à extinção do homem capitalista em nome da criação de um novo homem socialista, mas sem Deus.

É necessário insistir que o espectro socialista que tomou conta do Brasil e do mundo é tão forte, tão dominante, tão totalitário que não há nenhum partido que se diga capitalista ou conservador. O medo de ser criticado ou excluído é muito grande. 

Por isso, todo político tem medo de defender o livre mercado ou de defender o cristianismo. Todo político mede as palavras para não cair na sanha destruidora de reputações instalada nos jornais e nos blogs esquerdistas pagos pelos metacapitalistas (Bill Gates, Mark Zuckerberg, George Soros) ou por governos totalitários promovidos pelo Foro de São Paulo, presidido pelo Lula globalista da Organização PT.

É tempo de defender a liberdade, a vida, os bons valores e a verdade opondo o conservadorismo  contra o globalismo ou contra a miséria material e espiritual imposta pelos partidos socialistas, esquerdistas e ambientalistas que são totalitários e eliminadores da vida na face da terra.

Nenhum comentário: