terça-feira, 16 de janeiro de 2018

5 - SOBRE OS GENOCÍDIOS PROVOCADOS POR ESQUERDOS OU POR ISLÂMICOS NA RÚSSIA, NA ALEMANHA, NA CHINA, NO ORIENTE MÉDIO, NO NORTE DA ÁFRICA E NA TURQUIA.

Marx e Engels escreveram o Manifesto do Partido Comunista em 1848. Sessenta anos depois da Revolução Francesa. O texto esquerdo, que era carregado da essência do mal e cheio de mentiras começou dizendo: Um espectro ronda a Europa – o espectro do comunismo. 

A única verdade do texto era o que eles diziam que era mentira. O espectro do comunismo rondava, de verdade, a Europa. O comunismo ou o socialismo era e ainda é um espectro horrendo, perigoso e brutal que ronda a natureza humana, essencialmente capitalista em todos os tempos.

O espectro socialista predito por Marx instalou-se na Rússia em 1917 e na Alemanha em 1933. O resultado da instalação do socialismo nos dois países foi sessenta milhões de mortos só no tempo da 2ª guerra mundial.

O objetivo principal dos socialistas que iniciaram a Segunda Guerra Mundial era matar seres humanos de qualquer dos lados. Antes daquela guerra, o chefe dos esquerdos (Stalin) já havia assassinado vinte milhões de compatriotas russos e Hitler (o subchefe) já matava alemães. Não importava de que lado estava o morto. O importante para os psicopatas esquerdos é que morressem muitos filhos de Deus.

Marx e Engels, inspiradores dos assassinos socialistas citados no parágrafo anterior não foram derrotados ao término da Segunda Guerra em 1945, muito menos pela queda do Muro de Berlim em 1989, haja vista que continuam a impor mundo afora os mesmos pensamentos destruidores do ser humano.

Nos Estados Unidos, o esquerdo Barack Obama promoveu o aborto, casamento gay e tudo aquilo que importava em destruição da família e da religião cristã que são as bases da resistência ao socialismo. Na América Latina, o Foro de São Paulo patrocina ditaduras socialistas como as de Cuba, Venezuela, Bolívia, Equador, Nicarágua, Argentina e Brasil. Na Europa, a União Europeia persegue países que não seguem a cartilha socialista, como é o caso da Hungria. Na Rússia, Vladimir Putin representa a continuidade da ditadura socialista da KGB.

Na China, o partido comunista é o dono das vidas de todos os escravos que conseguiram nascer à revelia da política do filho único que provocou desequilíbrio na população chinesa. Hoje, a população chinesa é composta de 710 milhões de homens e de 590 milhões de mulheres.

Isso ocorre por que os chineses preferem assassinar (por aborto ou ao nascer) filhos do sexo feminino e essa preferência provocou 260 milhões de assassinatos de mulheres e 140 milhões de homens nos últimos 30 anos. O governo chinês é o mal agindo na sua principal essência, a eliminação da vida na face da terra (ver fonte aqui https://www.epochtimes.com.br/populacao-chinesa-sofre-de-grave-desproporcao-entre-os-sexos-2/).

Mas ainda há outro genocídio que ninguém fala: o genocídio dos cristãos que ocorre até os dias de hoje. Estima-se que os islâmicos assassinam 100.000 cristãos por ano simplesmente por que estes não negam a fé em Cristo. Isso não se fala e não se contabiliza porque quem faz isso mente e quer esconder a verdade para sempre.

O ano 632 d.C é considerado o início do islamismo ou do império socialista do Islão. Naquele ano, praticamente toda a população do Oriente Médio, Norte da África e Turquia era formada por cristãos. Hoje, quase 1.400 anos depois, as regiões e o país citado são de população islamizada. 

Sabe o que ocorreu com os cristãos que viviam naquelas regiões? Foram assassinados pelos soldados de Maomé ou de seus sucessores, os quais nunca lutavam por uma religião ou por um Deus, mas lutavam pela formação de um império.

Não há dados suficientes para estimar a população do Século VIII d.C na área citada, mas se pode estimar, comparando áreas e população de outros países na época, em vinte milhões de habitantes. Considerando que os islâmicos continuam assassinando cristãos até hoje, pode-se fazer outra estimativa: duzentos e setenta milhões de cristãos foram assassinados por degolamento, fuzilamento e outras mortes lá naquelas regiões. É  de se deduzir que lá houve o maior genocídio da história humana (ver fonte aqui http://blogdonavarro2010.blogspot.com.br/2015/02/islamismo-maior-maquina-assassina-da.html#more).

Nenhum comentário: