segunda-feira, 26 de junho de 2017

AO ROMPER O ACORDO DE OBAMA COM CUBA O PRESIDENTE DONALD TRUMP MANDA UM RECADO CURTO E GROSSO PARA A CANALHADA COMUNISTA DO FORO DE SÃO PAULO

Escrito por Aluízio Amorim no Blog do Aluízio em 26/6/2017.
Tinha certeza que a excelente Embaixada da Resistência em sua página no Facebook iria legendar este vídeo que é histórico. Trata-se da solenidade de assinatura, pelo Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, da Ordem Executiva que cancelou o acordo espúrio que o capacho esquerdista Barack Obama havia assinado com o regime assassino de Cuba. 

Reparem que em muitos anos é a primeira vez que um Presidente dos Estados Unidos denomina e define com todas as letras o regime assassino cubano: COMUNISTA! E aproveita a oportunidade para mandar um "recado" à quadrilha comunista assassina que domina a Venezuela. Em outras palavras, Trump aproveitou para avisar à bandalha comunista que opera em todo o continente Latino-americano que, ao contrário de seu predecessor, não fará vistas grossas à ação nefasta dessa canalhada esquerdista.

É claro que um vídeo como este jamais será transmitido pela grande mídia. Afinal, 99,9% dos jornalistas são cupinchas do regime cubano. Neste caso, os jornalistas que atuam na grande mídia são criminosos. As exceções se podem contar nos dedos no Brasil e em toda a América Latina e também dentro dos Estados Unidos, a ponto de já ter ocorrido em inúmeras oportunidades a publicação de matérias insuflando a ideia de assassinar Donald Trump.

Os vagabundos estão apavorados. E continuam mentindo diariamente pelos meios de comunicação com a produção de 'fake news'. São todos viúvas de Fidel Castro que felizmente já serviu de banquete para os vermes.

Em mais de meio século (o regime assassino cubano começou em 1959) é a primeira vez que um líder do porte de Donald Trump, profere a palavra "comunista", já que o vocábulo foi banido de todos os textos jornalísticos numa estratégia sorrateira para tentar fazer crer que o comunismo acabou, embora os bate-paus de Raul Castro em Cuba e Nicolas Maduro na Venezuela continuem cometendo assassinatos impunemente e com o apoio dos jagunços das redações dos jornais e redes de televisão.

Por tudo isso, a ação fulminante do Presidente Donald Trump contra a canalha comunista merece o apoio irrestrito de todas as pessoas de bem. 

Aos estimados leitores sugiro que compartilhem esta postagem amplamente pelas redes sociais furando o bloqueio do jornalismo canalha e capacho dos assassinos comunistas e seus cúmplices do Foro de São Paulo, cujo presidente de honra e fundador é justamente Lula que até pouco tempo atrás vivia de beijos e abraços com Fidel Castro, Hugo Chávez e Nicolas Maduro, sem falar da deletéria conexão da roubalheira do petrolão com esses regimes assassinos.

Vejam todo o vídeo que vale a pena.

Nenhum comentário: