quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Mensagem de Natal do presidente do Partido Conservador - PACO

Nesses dias que festejamos o nascimento de Cristo, nosso Deus, quero lembrar que somos todos iguais. Cristo nos criou iguais. Para Ele, amanhã o presidente de hoje pode ser o menor dos seres humanos e vice-versa.
Somos iguais e nada muda nossa natureza humana. Para Cristo, a única mudança que existe é a da quantidade dos bens materiais. O pobre de hoje pode ser o rico de amanhã e vice-versa, mas a natureza humana do novo rico ou novo pobre não mudou. Países também, país rico hoje pode ser pobre amanhã e vice-versa.
Quero lembrar que somos iguais, mas imperfeitos. Nada, nenhuma ação estatal ou outra qualquer que não a ação divina retirará nossos defeitos e nos deixará só com nossas virtudes. Para convivermos em harmonia com nossos semelhantes cheios de defeito, Cristo nos apontou o perdão. Se você quiser construir um mundo melhor, tente perdoar o seu próximo, mas nunca tente mudá-lo. 
Nunca, jamais, em nenhuma hipótese, queira usar o aparelho estatal para mudar a natureza humana, pois isso é o mesmo que os ditadores, todos socialistas e sanguinários, fizeram na Rússia, na Alemanha de Hitler, na China, na Coréia do Norte, em Cuba e em todos os lugares que o socialismo deu certo. 
Em países socialistas, só a morte espera aquele que discordar do dirigente estatal. Não há perdão, pois o estado socialista e totalitário, que são termos sinônimos, assumiu o lugar de Cristo.
Fiquemos ao lado de Nosso Senhor Jesus Cristo e seremos agraciados com abundância de vida e de liberdade.
Feliz Natal!

Nenhum comentário: