segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Candidato republicano repete quatro vezes o óbvio: “Vamos deixar de lado essa ficção de que Barack Obama não sabe o que está fazendo. Ele sabe exatamente o que ele está fazendo”.

Marco Rubio tem que repetir quatro vezes o óbvio
Nas primárias norte-americanas outros republicanos estão pentelhando Marco Rubio por ter dito o óbvio ululante: que Barack Obama não é incompetente, mas alguém responsável por criar a crise de maneira intencional.

Seus oponentes o criticaram por repetir o óbvio quatro vezes. Rubio disse:
“Vamos deixar de uma vez por todas essa ficção de que Barack Obama não sabe o que está fazendo. Ele sabe exatamente o que está fazendo”.
“Vamos deixar de lado essa ficção de que Barack Obama não sabe o que está fazendo. Ele sabe exatamente o que ele está fazendo”.
“Nós não estamos diante de um presidente que não sabe o que está fazendo. Ele sabe o que está fazendo.”
“Eu penso que qualquer um que acredita que Barack Obama não faz suas ações de propósito ainda não compreendeu com o que lidamos aqui, okay?”.

Belas palavras, Rubio, para cima de hipócritas como Chris Christie e Donald Trump.

Antes da terceira sentença, Chris Christie chegou a dizer: “Aí está o discurso memorizado de 25 segundos”. Atitude ridícula de um mentiroso pego de calça curta.

Trump, em sua habitual arrogância burra, disse: “Eu discordo, respeitosamente, de Marco.. Eu acho que temos um presidente que, como presidente, é totalmente incompetente e que não sabe o que está fazendo”.

O que querem Christie e Trump?

Qualquer investigador de fraudes sabe que há duas metas principais para um fraudador: (1) cometer uma fraude, (2) se for pego, convencer os outros de que é apenas uma “pessoa enganada”.

Por seu socialismo retinto, Obama sabe o que está fazendo e tem plena noção de como atua contra os interesses de seu povo. E o que fazem Christie e Trump? Lutam pelo plano B de todo socialista: se for pego, ao menos convencer os outros de ser alguém “com boas intenções, mas apenas incompetente para levar a cabo suas belas ideias”.

Trump realmente encontra uma fase de boa popularidade, enquanto Christie continua rastejando pelos esgotos. Christie é o típico bufão arrogante que gosta de ficar de quatro para esquerdistas. Trump talvez esteja querendo proteger sua imagem de “bom administrator” e criou um mito sobre Barack Obama – o do “administrador que não consegue suas metas” – mais para proteger sua imagem do que falar a verdade.

Como os dois defendem uma mentira – a tese do “Obama como coitadinho enganado” – valeria a pena em uma próxima oportunidade Rubio chamá-los de hipócritas e protetores do plano B de Barack Obama.

E, enquanto isso, um esquerdista jamais irá chamar Christie e Trump de “coitadinhos incompetentes”, mas de pessoas que optaram pelos “poderosos contra os pobres”.

Lá nos Estados Unidos, os republicanos possuem muito mais agilidade mental que os oposicionistas do Brasil – o que não é lá grande vantagem, diga-se – mas nesta questão Christie e Trump agiram como tucanos da pior estirpe.

Nenhum comentário: