sábado, 24 de outubro de 2015

Quanta coincidência! Depois da Lava Jato Lula só fez uma palestra

Escrito por Coronel do Blog do Coronel
A última palestra de Lula foi para a Itaipava(foto), que conseguiu um empréstimo de R$ 830 milhões sem garantias do Banco do Nordeste e, depois, doou R$ 17,5 milhões para a campanha de Dilma Rousseff. Naquela época, enquanto Dilma afundava o Brasil, Lula afundava a mão no bolso dos empresários. Hoje vive de um lado para o outro tentando recuperar a imagem de ladrão, expressa pelos bonecos Pixulecos que infestam o país e que o acompanham onde for.

Antes de 20 de março de 2014, quando foi preso pela Polícia Federal o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, dias após a deflagração da Lava Jato. De 2011 até aquela data, o ex-presidente havia proferido 64 palestras pagas, uma média de um evento remunerado a cada 18 dias. Antes da Lava Jato, as empreiteiras bancaram 38,6% das palestras remuneradas do ex-presidente. Reportagem da revista "Veja" de agosto, que citou documento do Coaf, órgão de inteligência financeira vinculado ao Ministério da Fazenda, indicou que a empresa de palestras de Lula obteve R$ 27 milhões nos últimos quatro anos –a cifra não foi contestada pelo Instituto Lula. Pela redução das palestras fica claro que elas eram, simplesmente, a justificativa para fazer lobby usando dinheiro do BNDES para as empreiteiras e a forma e extorquir uns pixulecos para sustentar os luxos e mordomias da Família Silva.

Nenhum comentário: