domingo, 6 de setembro de 2015

VOCAÇÃO - Ser útil, amar e servir a Deus

A vocação é sempre vista como algo que se pode fazer de útil para os outros, e é, portanto, uma doação de si mesmo.
      A origem da palavra "vocação" vem do verbo do latim "vocare", que quer dizer "chamar". A vocação é, portanto, um chamado de Deus. No âmbito religioso, a vocação é sempre um chamado de Deus para alguma pessoa, que está ligado à missão de cumprir a vontade do Pai e seu desejo forte de salvar toda a humanidade. Deus quis precisar dos vocacionados para cumprir seu plano de amor. Deus chama, o vocacionado responde e a história de salvação se concretiza e continua.

      A pessoa chamada se sente impelida ou atraída para a vocação à qual é convidada. É comum ouvir alguém que fez essa experiência da vocação dizer que o chamado foi como se fosse "uma voz que soa suave e insistentemente aos meus ouvidos". É como uma ideia que insiste em permanecer, mesmo quando queremos descartá-la - como a resistência de Jonas/Jeremias, que acabaram por responder sim à sua vocação de profeta.
      É Deus quem chama, como chamou Abraão, Moisés, os profetas, João Batista e, o maior exemplo de todos, seu próprio filho Jesus para ser nosso Salvador. "E o verbo se fez carne e habitou entre nós". Jesus também foi vocacionado.
      A pessoa vocacionada se sente atraída para aquilo que ela considera belo, grandioso, importante e necessário para cumprir por amor. A vocação é sempre vista como algo que se pode fazer de útil para os outros, e é, portanto, um serviço que se presta aos outros. Vocação é um serviço, uma doação de si mesmo. Toda vocação fala de serviço, é um agir em nome de Deus em favor de seu povo amado.
      Para nós, cristãos, a vocação é enriquecida de um sentido profundo que nos é dado pelo próprio Cristo. É Cristo quem nos chama a participarmos com ele na salvação do mundo. Toda vocação, então, fala de fazer a opção de acolher e executar a vontade do Pai para salvar toda a humanidade. É mostrar o rosto do Pai ao povo através do seguimento de seu Filho Jesus e através dos dons do Espírito Santo.

Fonte: Revista Perpétuo Socorro, ano XVIII, agosto/setembro 2015, nº 184, Escrito pelo Padre Redentorista Lourenço Kearns 

Tags: vocação, Lourenço Kearns, Revista Perpétuo Socorro, um chamado de Deus, doação de si mesmo

Nenhum comentário: