sábado, 25 de julho de 2015

Assista ao vídeo que Olavo de Carvalho deu à TV americana explicando Foro de São Paulo, ascensão do PT, domínio marxista na América do Sul

OLAVO DE CARVALHO NA TV AMERICANA DETONA O DELETÉRIO AVANÇO DO MARXISMO CULTURAL. DE QUEBRA, DENUNCIA A FRAUDE ELEITORAL NO BRASIL QUE REELEGEU A DILMA.
Escrito por Aluízio Amorim no Blog do Aluízio
Vale muito a pena ver este vídeo que mostra entrevista de Olavo de Carvalho à emissora de TV Americana que ocorreu, creio, no início de março deste ano. Confesso que passei batido. Todavia, já que chegou só agora ao meu conhecimento, faço a postagem para aqueles que, como eu, não viram quando subiu ao Youtube.

O assunto gira em torno do deletério marxismo cultural que nesta altura do campeonato já está globalizado. Ao longo da entrevista, conduzida por Cliff Kincaid e Jerry Kenney, em inglês mas com legendas em português, diversos aspectos do avanço do marxismo cultural, incluindo a ascensão do PT ao poder no Brasil e seus homólogos do Foro de São Paulo na maioria dos países sul-americanos. Também é explicado o caso da fraude eleitoral no Brasil que contou com os préstimos da Smartmatic, contratada a peso de ouro pelo TRE para operar a eleição que misteriosamente sufragou a Dilma.

Por tudo isso, esta entrevista é imperdível, uma verdadeira aula de como operam os comunistas do século XXI. Recomendo muito que vejam este vídeo e compartilhem com seus amigos pelas redes sociais.

Vendo e ouvindo esta entrevista vocês verão o quanto da liberdade individual já foi suprimida e como os assuntos de interesse desse neo-marxismo bundalelê pauta a grande mídia e forma uma geração de rematados idiotas, verdadeiros robôs comandados por espertalhões.

Não fosse o advento da internet e das redes sociais a coisa já estaria pior. Neste caso, a tecnologia é que começou a fazer um contra-peso a esse brutal ataque aos valores morais e éticos que deram vida e suporte à civilização ocidental. Este vídeo é uma confirmação do que venho alertando de forma reiterada aqui no blog.

Nenhum comentário: