quarta-feira, 4 de junho de 2014

Sintomas de uma ditadura. Ou: PT = Ditadura. Você ainda não acredita?

PT = Ditadura. Você ainda não acredita?
Por Flávio Quintela
Quando um médico vai fazer o diagnóstico de uma doença ele começa procurando por sintomas. Acontece que diversos sintomas são comuns a muitas doenças, e para chegar ao diagnóstico correto ele passa por uma análise progressiva, eliminatória, até chegar a duas ou três possibilidades que, então, podem ser testadas com algum exame mais invasivo ou complexo. Assim, tosse e secreção nasal não implicam, sozinhas, em pneumonia. Mas acompanhadas de outros sintomas podem sim indicar essa doença.

Quando você vir um petista defendendo alguma medida visivelmente anti-democrática, como temos visto nesses últimos dez anos, alegando que aquilo não é em si uma ameaça à democracia, e que "esse pessoal de direita" enxerga coisas onde não existem, lembre-se da analogia do diagnóstico. Pode até ser que uma única medida dessas, sozinha, não seja um indício de uma ditadura vindoura, mas o conjunto da obra petista é inteiramente pintado nas cores da morte e da escravidão.

É muita coisa ruim junta para continuarmos achando que é apenas uma gripe - estamos infestados com um câncer maligno, metastático e agressivo, e tem muita gente querendo tomar analgésico para resolver. Nosso caso é gravíssimo e o tratamento tem apenas chances de resolver, mas não há certezas. A única delas é que o paciente, a democracia brasileira, vai morrer se o câncer continuar sem combate.

Decreto 8.243, Marco Civil da Internet, Tentativa de Reforma Política por Plebiscito, Congresso do PT, Mensalão, Aparelhamento do STF, Voz ao MST, Força de Segurança Nacional - a lista poderia continuar por muitos parágrafos, cheia de exemplos de como o PT ataca a democracia em todas as suas ações políticas, sem exceção. Esses canalhas petistas precisam, como diria minha mãe, tomar uma na fuça! Já passou da hora de mandar uma quimioterapia violenta nesse câncer nojento.

Nenhum comentário: