sábado, 19 de abril de 2014

Feliz Páscoa!!! Na vida há tempo para tudo, mas não podemos esquecer que este é uma ano eleitoral e, para o mal triunfar, basta a omissão dos homens de Bem

Feliz e Santa Páscoa!!!
Escrito por Frei Clemente Rojão e publicado no Blog do Frei Clemente Rojão
Na vida há tempo para tudo, diz o Eclesiastes e diz também o calendário litúrgico. De uma coisa podemos ter certeza, a vida humana é luta renhida, é luta contra o mundo, a concupiscência da carne e o Demônio. Muitas vezes no calor da batalha não vemos todo o campo, preocupados com o ponto em que estamos. Mas não podemos nos esquecer da visão geral.

Este ano é um tempo especial de luta por ser ano eleitoral, naturalmente tratamos mais de política. Mas não nos esqueçamos que a luta política é apenas um meio para um fim. E o fim é a vida em Cristo. Em condições normais e saudáveis de sociedade, nunca elencaria a luta política como um meio da vida espiritual. Porém vivemos tempos em que a fé cristã é caçada e cassada, homens maus usam o Estado que se destina ao bem comum para a opressão dos cristãos e para apagar o nome de Cristo e seus valores da terra. Não devemos nos omitir nesta luta. Omitir-se é compactuar. Para o Mal triunfar, basta a omissão dos homens de Bem. 

E a coisa chegou no ponto em que chegou porque nos omitimos sistematicamente. 

Porém neste tríduo pascal, lembremo-nos que sem ele nada podemos fazer. E que nossa fé se baseia em algo muito simples mas muito espetacular, que Deus se encarnou como homem (o Natal) e que morreu por nossos pecados (a Páscoa). Esta é a razão de toda nossa religião, e consequentemente, de toda a nossa luta. Este Deus é um Deus real e existente, e um Deus com face humana, Jesus Cristo. Não é mais o "deus ignorado" que os atenienses adoravam só para garantir entre muitos deuses. É um homem real, é uma pessoa existente, verdadeiro Deus e verdadeiro homem. 

Tudo é em vão sem a vida em Cristo. Tudo é em vão sem um relacionamento pessoal com ele. Mesmo que a Igreja caia em ruínas (nunca cairá, mas digo em hipótese) quem nos separará do amor de Cristo. E se estivermos separados de Cristo, de que vale o resto? De que vale o homem ter o mundo se perder a Cristo? E se estiver sem Cristo, de que vale o zelo pela Igreja? E se estiver sem Cristo, de que vale lutar pelo mundo? Nada externo pode nos separar de Cristo se internamente não nos separarmos dele. 

Usemos este tríduo pascal para nos aproximarmos de Cristo, nem que seja nos últimos momentos do Calvário, como o bom ladrão São Dimas, ou como o centurião que reconheceu sua divindade, o futuro São Longinius, ou como o discípulo oculto, São José de Arimatéia. Mesmo que os Herodes e Pilatos senhores do mundo nos condenem, mesmo que os sacerdotes corruptos Anás e Caifás nos rejeitem, vamos nos aproximar de Cristo, nem que seja no Calvário. Tendo Cristo, quem se importa com a oposição de Anás, Caifás, Herodes e Pilatos??? 

Sim! Há uma ponte entre o céu e a terra, uma ponte entre Cristo e cada um de seus fiéis, esta escada de Jacó temos que cada vez mais e mais em nossos corações deixarmos ampla. 

Feliz e Santa Páscoa!

Nenhum comentário: