quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

As bases da família e da educação conservadora

Em que base assenta a família atual, a família conservadora? Na confiança, na honestidade, na fidelidade e no cumprimento dos contratos entre qualquer ser humano. A família plenamente desenvolvida existe para todo trabalhador conservador e é base das relações de produção entre seres humanos sempre capitalistas. 

A família só não existe para o vagabundo socialista desejoso de possuir tudo que foi conquistado pelo trabalhador honesto. O socialista quer destruir a família que é o principal sustento material e espiritual de qualquer ser humano. A família nunca desaparecerá em qualquer estado conservador de verdade.

Marx e Engels, socialistas autores do manifesto comunista, confessam o crime de separar o pai do filho em função do desejo de escravizar o filho do próximo. Eles confessam também o desejo de destruir os vínculos da educação familiar trocando-as pela educação coletiva em função da doutrinação das crianças no sistema inumano inventado por quem se disse socialista. 

O trabalhador conservador ama seu filho como a si mesmo e jamais transformaria crianças em simples artigo de comércio como faz o estado socialista cubano que carrega mães grávidas para os hospitais, aborta seus filhos, separa órgãos e os exporta como qualquer mercadoria. 

O trabalhador conservador sacrifica-se por sua família porque sabe que nenhum órgão estatal lhe dará o conforto físico e espiritual depois de um dia estafante de trabalho em troca do pão de cada dia, mas o mentiroso socialista quer que todos, homens, mulheres e crianças, fiquem confinados em um galpão público trabalhando em prol do estado totalitário. 

Os socialistas querem a destruição da família para criar a oposição entre a comunidade dos homens e a comunidade das mulheres. Ambas as comunidades ficariam descomprometidas com seus filhos que seriam escravizados e doutrinados em galpões separados das comunidades masculinas e femininas. O resultado disso seria a extinção da raça humana, como quer o rabudo.

Veja mais:

Por Navarro

Tags: comunidade dos homens, comunidade das mulheres, crianças em galpões separados, socialismo, oposição entre homem e mulher, família capitalista, educação capitalista, separação entre pais e filhos, estado cuidando das crianças, estado totalitário, estado socialista, estado capitalista, conforto físico e espiritual, exportação de fetos

Nenhum comentário: