sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Guilherme Macalossi, apresentador de Rádio do interior gaúcho que não gosta da esquerda, oferece bom programa de entrevistas. Vale a pena ouvir

RÁDIO DO INTERIOR DO RIO GRANDE DO SUL OFERECE BOM PROGRAMA DE ENTREVISTAS SEM CONCESSÕES À IDIOTIA POLITICAMENTE CORRETA
O áudio acima contém a gravação do programa Confronto, da rádio Sonora FM, de Farroupilha, Rio Grande do Sul. Para quem não sabe, Farroupilha pertence à área metropolitana de Caxias do Sul. Possui cerca de 70 mil habitantes.

O programa Confronto é apresentado por Guilherme Macalossi, que é formado em direito e jornalismo e já foi secretário de Administração do município.
Sua atividade atualmente se concentra na área da comunicação, rádio e jornal, além de ser permanente ativista nas redes sociais.
Macalossi e Adami: linha direta.



Neste programa Macalossi entrevista o professor Marlon Boone Adami, que exerce a docência na rede privada. É graduado em História e pós-graduado em Ciência Política. O professor também possui um blog e sua área de estudos envolve a análise crítica do petismo, do globalismo, da ação do Foro de S. Paulo, do marxismo e do revisionismo histórico.

Interessante é que uma rádio de uma cidade do interior do Rio Grande do Sul, mantém um bom programa de entrevista. Tanto é que Macalossi já entrevistou diversas personalidade, dentre elas Olavo de Carvalho e vários políticos.

O apresentador do programa procura sempre levar ao ar um bate-papo interessante e que jamais resvala pelo tortuoso caminho de louvaminhas ao governo do PT, tão comum na mídia em geral depois do malfadado advento do lulismo.

Isto mostra que é possível fazer um bom programa radiofônico independente. Com a tecnologia disponível, qualquer emissora de rádio passa a ter capilaridade nacional e internacional. Com a internet o conceito de “interior” circunscreve-se apenas ao aspecto geográfico. Para tanto, basta apenas saber usar os recursos da internet.

É o que está fazendo Guilherme Macalossi, levando ao ar assuntos políticos que foram transformados em tabu para grande mídia e faz chegar o seu programa às redes sociais sem concessões à idiotia do pensamento politicamente correto. Está aí uma fórmula que sempre dá certo. Vale a pena ouvir.

Nenhum comentário: