sábado, 2 de fevereiro de 2013

A CORRUPÇÃO DE VALORES E A IMPUNIDADE: Ou: Reportagem-bomba da Revista Veja sobre a tragédia de Santa Maria: A hora da verdade!

REPORTAGEM-BOMBA DA REVISTA VEJA SOBRE A TRAGÉDIA DE SANTA MARIA: A HORA DA VERDADE!
Por Aluízio Amorim no blog www.aluizioamorim.blogspot.com

A reportagem-bomba de Veja em edição especial enfoca uma dramática realidade a partir da tragédia ocorrida em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, conde morreram 235 jovens no incêndio da boate Kiss: "Brasil: um país sem alvará".

A frase da capa da revista resume tudo: "Que em memória dos 235 jovens mortos de Santa Maria façamos um Brasil novo, onde ninguém mais seja vítima do descaso, da negligência, da corrupção de valores e da impunidade."
Acrescento no concerne à "corrupção de valores" e a "impunidade", a maior desgraça que vem sendo cevada no Brasil por conta de uma década de PT no poder.

Basta que recordemos como era o ambiente brasileiro antes da chegada de Lula e seus sequazes ao poder. Eis aí o mote para uma grande reportagem de Veja e também para teses acadêmicas. É um material precioso que pode estar em séries históricas, quem sabe no IBGE e nas secretarias de segurança dos Estados e, quiçá, no próprio Ministério da Justiça.

Outro dado a ser levantado diz respeito ao fato de que várias ações antes levadas a efeito pelos governos federal, estaduais e municipais foram transferidos para as deletérias Organizações Nao-Governamentais, conhecidas por ONGs. Calcula-se, segundo foi veiculado pela imprensa e portanto esse dado tem de ser verificado, a existência de mais de 300 mil ONGs encarregadas de realizar atividades antes restritas à esfera estatal.

Um levantamento nesse sentido não pode prescindir de uma acurada análise sobre o aparelhamento pelo PT de todas as instâncias estatais, seja da administração direta, agências e empresas públicas, abrindo a possibilidade de troca de favores tendo em vista a manutenção do poder. Aliás, isso é público e notório.

Isto porque esse aparelhamento tem objetivo puramente político, sobretudo o controle por parte do PT e seus esbirros daquelas tarefas que implicam a fiscalização estatal de uma miríade de atividades. Inclui-se aí as inúmeras licenças, os conhecidos "alvarás", documento que só pode ser expedido por ente estatal.

No que tange à corrupção de valores à qual alude o texto de capa da revista Veja, e que tem sido um tema recorrente em artigos que tenho escrito aqui no blog, à guisa de exemplo, destaco o fato de que além da corrupção dos valores, existe também um trabalho voltado sistematicamente à corrosão e inversão desses valores. O exemplo mais evidente é a política de direitos humanos que é aplicada em favor de delinquentes, em vez de ser dirigida aos cidadãos honestos.

Tem-se aí a corrosão e inversão completa do Direito e isso, sem qualquer dúvida é uma das causas que contribuem para o aumento inusitado da violência, dos assaltos, assassinatos e do tráfico de drogas, face à flagrante impunidade.

No que concerne a emissão de licenças o foco fica praticamente restrito as tais "licenças ambientais" ou proibição do tabagismo. Eis aí o pensamento politicamente correto em todo seu esplendor. Se o sujeito derrubar uma goiabeira ou detonar um animal peçonhento, corre o risco de multa ou prisão. E, dentro de uma boate pode tudo, com exceção do cigarro de tabaco, enquanto drogas alucinógenas correm soltas. Sem falar nas marchas pela descriminalização dos entorpecentes e outras vadiagens correlatas e que são, lamentavelmente, glamourizadas pela grande mídia totalmente controlada pelos arautos do pensamento politicamente correto, os responsáveis pelo incentivo à desordem e ao desrespeito.

Infelizmente precisou que 235 jovens resultassem mortos para que, de alguma forma, todos esses problemas, que são muito graves, tenham vindo à tona. Não li ainda a reportagem da revista Veja. Vamos ver se evoca esse necessário debate que deve ser pautado prioritariamente nestes dois eixos: a corrupção de valores e a impunidade.

Por enquanto a grande mídia está comendo apenas pelas beiradas. O que aconteceu em Santa Maria é de absoluta gravidade e é a ponta do iceberg da sacanagem imperante no Brasil sob a égide do governo do PT e seus sequazes. Esta é uma questão urgente que tem de ser levada em consideração para passar o Brasil a limpo, enquanto há tempo.

Nenhum comentário: