segunda-feira, 14 de maio de 2012

Pegos com a boca na botija, os comandantes de robôs da Internet tentam reagir e, para variar, mentem desbragadamente! Ah, sim! NESTE POST,UMA ENTREVISTA EXCLUSIVA COM DEUS!

Por Reinaldo Azevedo no blog www.veja.abril.com.br/blog/reinaldo/

Que fossem analfabetos morais, já sabíamos. Parece, no entanto, que se trata mesmo de analfabetismo em sentido mais amplo. Reproduzi aqui, na manhã de sábado, trecho de reportagem da VEJA sobre grupos organizados que fraudam as regras de convivência entre os internautas na rede, em particular no Twitter.

Um post publicado naquele troço organizado por Luis Nassif — Nassif é aquele senhor que trabalha para a Radiobras e que já foi agraciado com um empréstimo feito pelo BNDES; deve ser em sinal de reconhecimento por sua independência — atribui a mim o que é uma reportagem da VEJA. Fala sobre a pacata dona de casa que seria a titular do perfil @lucy_in_sky_, que a reportagem diz ter sido usado como robô para replicar uma determinada mensagem.
Não é preciso ser um Schopenhauer que entende português para constatar que a reportagem da VEJA faz a distinção entre perfis que podem ser gerenciados por robôs, ainda que existam, e perfis falsos, criados só para fazer marola. Estes, no geral, não têm seguidores — ou contam com dois ou três. Em recentes twitaços comandados pela rede petralha, destacaram-se três perfis, com respectivamente, o seguinte número de seguidores: 1, 4 e 9!!! São os “perfis peões”. A reportagem informa que o tal @lucy_in_sky_ foi usado por robô, não que seja um peão. Um quadro de quase duas páginas trata justamente das diferenças. Logo, mentem duas vezes: a) quando atribuem a mim o que não escrevi; b) quando atribuem à revista VEJA o que ela não escreveu.
Ora, queridos, nesta manhã, escrevi um texto enorme justamente sobre a pistolagem na Internet. Assim, não me surpreendo que atribuam a mim reportagem que não é minha nem que atribuam à VEJA aquilo que não está escrito. A tarefa dessa gente é mentir. É paga pra isso.
O tal post na página de Nassif chega a entrevistar a suposta titular do perfil — que quer preservar a sua identidade, naturalmente. Um pingue-pongue com uma personalidade que prefere não mostrar o rosto nem revelar a sua identidade! Acontece! Acabo de entrevistar Deus, mas ele prefere não aparecer. Segue a íntegra.
BLOG - Senhor, o senhor é mesmo o Senhor?
DEUS - 
Por quê? O senhor, que não é Senhor, tem alguma dúvida?
BLOG - Não, mas sabe como é a rede…
DEUS - 
Não sei!

BLOG - Mas o senhor, Senhor, não é onisciente?
DEUS - 
Sou, mas tudo tem limite. Não quero saber o que se passa no JEG…
BLOG - Não?
DEUS - 
Não! Aquelas páginas são a distração daquele que vive me difamando por aí e sonhando em ocupar um dia o meu lugar.
BLOG - Quem? O…
DEUS - 
Esse mesmo, o anhangá, o arrenegado, o brazabum, o cramulhano, o grão-tinhoso, o mofento, o porco-sujo, o tinhoso, o zarapelho…BLOG - Que vocabulário, Senhor!
DEUS 
- Consultei o Houaiss. E só usei alguns dos sinônimos…
BLOG - Ahnnn… Uma fotografia para provar que falei com Deus, nem pensar, né?
DEUS -
 Iam dizer que é montagem. Desde aquele faraó teimoso do Egito, que insistia em competir comigo, pondo seus mágicos para fazer truques, sempre há gente tentando provar que não existo. Viu as consequências, né?
BLOG - 
Vi, sim. Mas o senhor não acha, Senhor, que o fato de Moisés ser gago pode ter atrapalhado a conversa com o faraó?
DEUS -
 Você acha que se ele fosse mais desinibido do que o Gabriel Chalita juntando os albinos da Tanzânia com Castro Alves, o outro lá teria mudado de ideia?
BLOG - Acho que não! O careca lá era fogo!
DEUS -
 Que careca?
BLOG - O faraó!
DEUS - 
Quem falou que ele era careca?
BLOG - Desculpe a confusão! É que, no filme “Os Dez Mandamentos”, o Yul Brynner…
DEUS -
 Já sei! Aqueles efeitos especiais do mar se abrindo… Valha-me Eu Mesmo! Ainda bem que eu inventei o Spielberg para conferir mais realidade às fantasias de vocês…
BLOG - Tenho outras entrevistas a fazer. Obrigado pela atenção!
DEUS - 
Você parece meio amuado…
BLOG - O senhor conhece aquela piada sobre comer a Sharon Stone na ilha deserta e  não poder contar pra ninguém?...
DEUS - Ainda fazem esse tipo de piada com o Sharon Stone? Sharon Stone é do meu tempo!!! Betsabá também…
(segue-se um longo silêncio)

BLOG - Senhor? Que é isso, Deus!? A Maria do Rosário vai acusar o senhor de machista!
DEUS - 
E essa, então, com esse nome… Conforme-se, meu filho! Se você disser que falou com Deus, vão achar que você é maluco. Se tirar uma foto ao meu lado, além de ninguém acreditar, vão dizer que você está querendo ser mais importante do que o Lula…
BLOG - Grande coisa! Lula vive tentando tomar o Seu lugar.
DEUS -
 Ah, ele não é o primeiro. Aquele cheio de sinônimos vive tentando isso eternidade afora. Volta e meia aparece um novato.
BLOG - Vou publicar a entrevista mesmo assim!
DEUS -
 Aqueles que lêem o que você chama JEG vão acreditar… Se ironia fosse capim, o capim teria sido extinto no mundo. Eles teriam comido tudo.
BLOG - É parte de Sua obra, lamento lembrar!
DEUS - 
Errado! Eu inventei os manjares, e o outro lá inventou a má digestão. Eu inventei a imprensa, e o outro lá inventou o JEG.
BLOG - E o resultado dessa luta?
DEUS -
 Pergunte ao faraó.
Por Reinaldo Azevedo

Nenhum comentário: