quarta-feira, 18 de abril de 2012

PADRE PAULO RICARDO DENUNCIA "OS TEÓLOGOS DA CORTE DO PT"

PADRE DENUNCIA "OS TEÓLOGOS DA CORTE DO PT"
Publicado por Aluizio Amorim no blog www.aluizioamorim.blogspot.com
O Padre Paulo Ricardo, que tem se notabilizado pelo conteúdo de seu blog e, sobretudo, pelos programas em vídeo que mantém na internet, voltou à carga contra o PT e denuncia que a Igreja Católica no Brasil está submetida ao que qualifica de "Teólogos da Corte do PT". E ingada onde estão os "padres de passeata", os manifestos e as marchas pela liberdade", chegando a comparar a situação da Igreja atualmente no Brasil com a ação dos clérigos que aderiram ao fascismo e ao nazismo.

Duro na sua crítica em defesa da Igreja Católica, indaga: "Quando foi que a Igreja Católica deixou de ser, no Brasil, a instância profética que questiona? Em que momento ela foi seduzida e tornou-se uma Igreja composta por teólogos da corte -- aqueles que compõe o séquito do novo Príncipe, o Partido dos Trabalhadores? Quando foi que ela deixou de ser defender a fé católica e passou a aceitar e a justificar as atitudes do Príncipe? Para onde foi a Igreja Católica do Brasil?"

Mais adiante, o Padre conclama: "O católico verdadeiro não pode apoiar um governo que não tem ética cristã, que não tem o pudor de promover todo tipo de imoralidade que visa destruir a família, a moral cristã e a herança patrimonial cristã sobre a qual foi construída a nação brasileira. Os teólogos da corte que não temem mais o juízo de Deus, pois deixaram de crer há muito tempo, mas devem temer o julgamento da História, esta sim, irá julgá-las com severidade e, quiçá, condená-los. Afinal, eles buscam retirar do mundo a transcendência."
E arremata: "O único sentimento que o silêncio vil e a covardia produz nos verdadeiros católicos é a vergonha. Vergonha desses teólogos da corte!"

Tags: religião, catolicismo, socialismo, fascismo, nazismo, teologia

Nenhum comentário: