domingo, 1 de abril de 2012

CARTA AOS MINISTROS DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL PEDINDO PELA VIDA DOS INOCENTES

Recomendo àqueles que querem preservar o direito à vida que escrevam carta, igual ou semelhante a esta, aos Ministros do STF. O julgamento será no dia 11 de abril de 2012. Quem descobrir uma maneira de enviar por e-mail a algum Servidor ou ao próprio Ministro do STF pode aproveitar o link do e-mail deste post. Segue um modelo de carta.


                   Curitiba, 01 de abril de 2012.
                   “...Mas, se ergues da justiça a clava forte,
                   Verás que um filho teu não foge à luta,
                   Nem teme, quem te adora, a própria morte...”

Excelentíssimos Senhores Ministros do Supremo Tribunal Federal, antes de julgarem a ADPF 54 sobre o aborto dos bebês anencéfalos, peço que leiam o que tenho a dizer:

Eu, EDSON NAVARRO TASSO, venho por meio desta carta manifestar que sou contrário ao aborto em todas as circunstâncias, inclusive nos casos em que o feto é portador de anencefalia.

A vida é o maior dom que dispomos e não compete a ninguém o poder de tirá-la. Em um Estado Democrático de Direito, é preciso que seja resguardado o primeiro e mais importante Direito Fundamental, o Direito de Viver, sem o qual não se pode obter os demais direitos de saúde, educação, moradia, alimentação e lazer. Não pode haver justiça numa decisão que opta por retirar a vida de seres inocentes. Não há ninguém mais inocente que aquele que está no útero da mão ou que é recém-nascido.

É pela vida do bebê e pelo bem-estar da mãe que lutamos. A probabilidade de uma mãe viver é maior esperando o bebê nascer do que abortando-o. O aborto pode provocar a morte da mãe e o nascimento preserva duas vidas. É pela vida que lutamos e o estado, representado nesse julgamento por esta Suprema Corte Judicial, deve defender a vida de qualquer ser humano.

O Estado deve zelar pela gestante e pelo bebê providenciando o conforto possível e todos os cuidados paliativos cabíveis de maneira a aliviar o sofrimento. Além disso, devem ser implementadas medidas preventivas (vide art. 198, inc.II da CRFB/88) no sentido de propiciar a ingestão diária de ácido fólico por parte  das mulheres em idade fértil, por ser este um meio comprovadamente eficaz de prevenção às malformações do tubo neural, dentre as quais se encontra a anencefalia ou, como mais corretamente denominada meroanencefalia (ausência parcial do encéfalo). Não é pela falta de cuidados do Poder Executivo que o Poder Judiciário pode deixar de garantir a vida dos bebês e das mães.

Defendemos que a mãe possa descobrir a importância do seu papel materno no chamado a amar seu filho, mesmo que ele esteja doente ou tenha pouca expectativa de vida.

A vida, mesmo que breve, merece ser vivida com intensidade e amor.

Esta é uma carta de quem ama a vida e luta para que todos a tenham com abundância.

Atenciosamente,
________________________
EDSON NAVARRO TASSO
navarrotasso@gmail.com
(Assinatura pode ser digital, o próprio e-mail ou de próprio punho via correio)
Os endereços dos Ministros são os seguintes:
http://www.saopaulopelavida.com.br/cartaaostf/
http://www.saopaulopelavida.com.br/cartaaostf/carta.pdf

Tags: direito de viver, aborto, vida inocente, infanticídio, anencefalia

Nenhum comentário: