sexta-feira, 2 de março de 2012

MARINA SILVA SAIU DO PT, MAS AINDA É COMO UMA PETISTA. EM MATÉRIA DE MEIO AMBIENTE ELA DEFENDE FAZENDAS NOS ESTADOS UNIDOS E FLORESTAS NO BRASIL. AGE COMO AS ONGs AMBIENTAIS INTERNACIONAIS

"Promoter" do "ecobusiness" ataca a democracia brasileira.
Postado por editor do blog CoroneLeaks (Coturno Noturno)

Hoje, em artigo da Folha de São Paulo, depois de meses e meses denegrindo a imagem do Brasil no exterior por meio das ONGS que a suportam, ataca novamente a democracia brasileira. Ela faz isso há meses e começou com a ajuda do seu amigo Antônio Palocci, quando este ainda reinava no Palácio do Planalto. Palocci e Marina Silva são unha e carne. Quando Palocci tomava as suas cachaças, defendia a idéia de Marina Silva como vice da Dilma, no lugar de Michel Temer. Já sob o efeito da "marvada" bradava: " o slogan está pronto. Melhor que uma, só duas!".

Marina Silva emerge das discussões sobre o Código Florestal como uma inimiga do Brasil e uma verdadeira promotora dos poderosos interesses ecoglobalistas comandados por Al Gore, pelo Príncipe Charles, pelos grandes sindicatos da agricultura americana e européia. A ecoterrorista quer transformar a Rio+20 no palanque para lançamento do seu partido. Quer uma Rio 2.0, promovendo passeatas, manifestações, verdadeiros tratoraços contra a democracia. É bom que os políticos fiquem de olho. Marina Silva passa o tempo todo falando em "nova política". Uma política onde não há lugar para políticos. Aliás, foi assim que ela agiu quando ministra e é assim que age quando prega golpes para impedir a aprovação do Código Florestal.

Tags: ambientalistas, marina silva, florestas aqui fazendas lá

Nenhum comentário: