terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

ESPANHA INVADIDA POR MUÇULMANOS. A RESISTÊNCIA DOS ESPANHÓIS É QUASE NULA

Já escrevi neste blog (aqui) que o mundo ocidental e sua civilização cristã corre risco de desaparecer. A fertilidade das mulheres muçulmanas é aproximadamente cinco vezes superior à das mulheres ocidentais. Alguns países da Europa terão 50% da população de origem muçulmana em apenas duas décadas.
Esse fato, aliado ao crescimento do mundo gay, do socialismo, da desagregação da família e da esquerdopatia ocidental pode causar extinção do modo de vida ocidental, da democracia, do cristianismo e do progresso tão desejado pelos esquerdistas.
Vejo agora que o artigo escrito por Dale Hurd no site www.midiasemmascara.org confirma essa previsão para algumas cidades da Espanha, talvez antes dos vinte anos. Veja parte do artigo de Dale Hurd:
“Os imigrantes muçulmanos não estão aqui para se adaptar. Estão aqui para conquistar".
"Algumas cidades espanholas agora se parecem mais com o Oriente Médio. Os muçulmanos, que um dia já dominaram grande parte da nação, agora estão retornando em grande número. (...) O número de muçulmanos na cidade de Salt está crescendo tão rapidamente que é apenas uma questão de tempo até que eles governem a cidade."
“Quando o primeiro partido político islâmico se apresentar, todos os muçulmanos irão votar nele, e vamos acabar vestindo véus e turbantes. Estamos com um problema muito sério”, disse a vereadora da cidade de Salt, Maria Osuna, à CBN News.

Espanhóis desaparecendo
"Já se fala em mais de 100 mesquitas dos radicais wahhabistas na Espanha. E duas emissoras de TV radicais muçulmanas do Oriente Médio agora estão transmitindo para o país.
Enquanto a imigração muçulmana está em ascensão, os espanhóis nativos estão lentamente desaparecendo. Seu índice de natalidade está abaixo do número de reposição.
Além disso, um grande número de espanhóis em idade universitária está deixando o país fugindo da taxa de desemprego de 50% da população jovem.
Enquanto isso, as taxas de natalidade dos muçulmanos são de pelo menos o dobro da taxa dos espanhóis, e o número deles hoje é dez vezes maior do que há 20 anos.
Um relatório secreto do serviço secreto espanhol vazado na mídia revelou que grupos radicais do Oriente Médio estão mandando enormes quantias em dinheiro à Espanha para controlar os muçulmanos do país."
“A maior ameaça à Espanha, à Catalunha e à Europa é a imigração muçulmana”, disse Anglada à CBN News.
“Sabemos que eles estão vindo para cá para conquistar o que, de acordo com os muçulmanos, já foi deles. Temos um dever moral, de modo que no futuro eles possam dizer que pelo menos houve alguém, um partido, que não estava disposto a se render à islamização do Ocidente”.
Tradução: Luis Gustavo Gentil
Do CBN News: 
Under Siege? Spain Resists Islamic 'Invasion'

Nenhum comentário: