terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

TRAGÉDIA DO RIO: FOTOS DE SATÉLITE MOSTRAM QUE COBERTURA VEGETAL NÃO IMPEDE DELIZAMENTOS.



TRAGÉDIA DO RIO: FOTOS DE SATÉLITE MOSTRAM QUE COBERTURA VEGETAL NÃO IMPEDE DESLIZAMENTOS. Artigo publicado no site www.aluizioamorim.blogspot.com em 03/02/2011. As fotos são do mesmo site.

Estas fotos de satélite que acabam de ser divulgadas mostram a Região Serrana do Rio de Janeiro, local da recente tragédia. A primeira foto mostra como era a região antes da catástrofe; a segunda revela o estrago causado pelas chuvas torrenciais.
Observem que a ocorrência de deslizamentos aconteceu em vastas áreas dos morros densamente cobertas por vegetação, contrariando o que afirmam os ambientalistas que atribuem o desmatamento como causa principal de deslizamentos. Isto é um fato claro e irretorquível.

É claro que o desmatamento sem controle promove a erosão, mas as catástrofes podem ocorrer em qualquer ponto do planeta. Entretanto, só se tem notícia quando a área contígua a morros e encostas é habitada.

A população do planeta está estimada em algo ao redor de 7 bilhões de habitantes e a Terra como tudo no cosmo está em permanente movimento.

Isto comprova que boa parte do que apregoam os arautos do catastrofismo não tem sustentação. É uma pretensão idiota dos terráqueos querer influir no comportamento cósmico. A única alternativa é a prevenção através da ciência e mesmo assim os insondáveis desígnios da natureza - se é que possa ter algum algum viés teleológico - haverão sempre de surpreender a humanidade até que o planeta desapareça.

As fotos são do site do Estadão ilustrando uma matéria completamente non sense com declarações do Ministro de Ciência e Tecnologia (cáspite!), Aloísio Mercadante. Aposto que se ele ler este meu texto não conseguirá entender nada.

Nenhum comentário: