quarta-feira, 8 de setembro de 2010

NENHUMA LUTA PELA IGUALDADE VALE A PERDA DA LIBERDADE PORQUE ALÉM DE DIFERENTES PREFERIMOS LIBERDADE À IGUALDADE




Foto 1 – Eu sou livre e luto contra governos socialistas porque eles não prezam a liberdade.
Foto 2 – Nossos filhos são livres enquanto não vier o estado socialista.
Foto 3 – Por que a estátua da liberdade americana parece mais real que a estátua da liberdade da Loja Havan em Curitiba?

O homem nasceu inocente, cresceu capitalista ganancioso e sempre foi livre. Não foi a sociedade que o tornou capitalista, mas ao contrário: a sociedade é capitalista porque assim é o cidadão que a compõe. O homem capitalista tem muitos defeitos, mas é o Rei da República. Ele é capitalista, ganancioso e tem o defeito da falsidade, mas nasceu indefeso e tão inocente como uma criança.

Os homens bons são aqueles que não se acham perfeitos. Os maus são aqueles que querem transformar você de capitalista para socialista, de ganancioso para virtuoso e de falso para verdadeiro. O homem não é mau, mas é defeituso. Não é bom, mas tem virtudes. Obrigá-lo a evoluir para ficar sem defeitos significa matá-lo. Torná-lo igual é como prendê-lo por ser diferente.

Não tenha dúvida leitor: No estado socialista a regra é a igualdade e se você for diferente será preso porque a diferença não é tolerada. Você que nasceu e sempre será capitalista tem direito de liberdade e seria morto se exigisse sua liberdade de discordar por ser diferente.

O animal homem luta pela vida o tempo todo. Mata para salvar-se. Prende pensando que pode corrigir algum malvado ladrão. Criou o estado para viver melhor do jeito que o homem é e para compatibilizar todas as diferenças. Não somos iguais nunca, mas devemos nos tratar como se fôssemos. Todos, absolutamente todos, querem possuir propriedades porque as coisas materiais garantem o pão de cada dia. Por isso, todos são sempre capitalistas.

A escassez da natureza obriga o homem a trabalhar. Trabalhando ele constroi riquezas. Estudando cria tecnologias e diminui trabalho, mas sendo ocioso regride. Os socialistas defendem o ócio. Dizem que não há necessidade de trabalhar porque o estado fornece tudo. É uma mentira. É a falsidade do diabo. É o prometimento do céu para garantir o inferno.

O homem que se diz socialista é falso como o diabo. Quer propriedades sem trabalhar. Quer capitalizar as coisas dos outros cidadãos e socializar o trabalho de construção em prol do partido e não de você. O socialista quer ser o dirigente do estado “socialista” que explora o homem sempre capitalista. Não se podem eliminar “socialistas”, mas não se deve deixá-los governar.

O problema é que nós somos tentados a possuir sem trabalhar. E o político socialista usa esse nosso defeito do ócio para convencê-lo que o socialismo é bom. Da mesma maneira que a serpente enganou Eva, o socialismo engana o homem sempre capitalista (não há exceção). É necessário vigiar para não cair nas garras do socialista destruidor do homem como ele é.

Abaixo o socialismo destruidor. Abaixo a vagabundagem. Viva o homem capitalista cheio de defeitos, mas cheio de vida porque trabalha para construir. O homem capitalista é o verdadeiro garantidor de direitos naturais porque luta por ele mesmo. O homem capitalista é meu Rei porque garante minha liberdade. O socialista sempre igualitário que vá para o inferno.

Olhem o exemplo dos petistas que sempre se disseram socialistas. Porém são socialistas só com o dinheiro de você. Dar poder a socialista é dar dinheiro na mão de alguém que gasta dinheiro de você para acabar com a democracia e lhe prender.

Os petistas ou qualquer outro partido socialista, quando implantarem definitivamente o estado socialista, farão assim: Você é diferente, é? Então vai preso em nome da igualdade. Vai preso porque deveria ser igual. Você discorda? Então vai preso porque não se pode discordar, haja vista que os iguais não discordam do socialismo.

Salvai-vos! Derrubeis a ditadura instalada votando contra nestas eleições presidenciais de 2010.

Tags: ganância, esperança, ditadura, igualdade, liberdade, democracia, homem capitalista, direito natural, socialismo, esquerdismo, Rei da República, ditadura do PT, petismo

Nenhum comentário: