sábado, 28 de agosto de 2010

COMO VENCER ELEIÇÃO USANDO SEU ÚNICO VOTO


A ilustração representa um estado totalitário que não faz nada, mas diz tudo o que você tem que fazer. Fuja do estado que controla toda sua vida e lhe tira a liberdade.

COMO VENCER ELEIÇÃO USANDO SEU ÚNICO VOTO.
Há duas maneiras:

Na primeira você é o demiurgo, o governante mais popular de um país. O seu voto é o único. Você diz quem deve vencer por conta de sua imensa popularidade e pronto: a eleição está ganha. A eleição é pró-forma. Se for mesmo assim, então acabou a democracia.

Na segunda maneira você é o eleitor que vota contra o demiurgo que tem cem milhões de votos. O seu voto é o último depois do empate de cinqüenta milhões de cada lado. Você crava no seu candidato e vence por um voto.

Pô, mas você disse que o cara tem cem milhões de votos e deu um exemplo de cinqüenta. Não! Meu amigo, o demiurgo não tem a totalidade dos eleitores. Tem apenas uma maioria e conta com o seu voto.

Perceba que os agentes do governo votam como você. Porém o seu trabalho é produtivo e o deles não produz nem sequer uma laranja. É trabalho improdutivo ou parasitário. Toda ação do governo é para fiscalizar o seu trabalho. Os mentirosos descarados dizem que fizeram tudo quando, na verdade, quem realizou foi o seu trabalho. E ainda querem que você vote no representante deles.

Espante-se com a seguinte informação: Quase quarenta por cento da soma da renda nacional é atribuída aos agentes do governo. É como dizer que parasitas produziram quarenta das cem laranjas vendidas no mercado. Você acha que o governo produziu alguma coisa?

Ocorre que grande parte dos quarenta por cento que recebe favores do governo votam nele. Para ganhar a eleição, o demiurgo precisa apenas convencer mais dez por cento de incautos. Não há como existir estado com cem milhões de parasitas em cima de um só produtor. Nem sequer 50% parasitando 50%.

Você acha que a ditadura agrada a todos ou apenas à maioria simples que trabalha para ela? Se apenas 50% + 1 bastam para a vitória, então não há necessidade de gastar dinheiro para iludir 100% dos eleitores. Também não há possibilidade de iludir 100%. Será que não?

Na hora do voto, lembre-se que o governo não trabalha produtivamente e que faz a fama em cima do seu trabalho. Você votará contra parasitas, a não ser que seja um deles.

Escolha ficar livre das amarras do demiurgo. Valorize seu sufrágio e vote na melhor alternativa para você. Se você é um dos favorecidos por ele, então vote em quem ele manda, mas se não for vote contra. O resultado da sua inversão de voto derrubará a maioria governamental.

Então, você já pensou em derrotar o demiurgo? Você votaria em quem ele manda só porque as pesquisas indicam vitória no primeiro turno? Pense e vote consciente na defesa da democracia.

Trabalhe para que a democracia prevaleça e preserve sua liberdade, sua vida e seus bens. A coisa é séria. Lembre-se que os asseclas do demiurgo voltar-se-ão contra você a qualquer hora e por qualquer motivo. Não deixe de lutar contra a ditadura que se aproxima. Não pague pra ver nesta eleição. Se você pagar verá muito sofrimento dos seus filhos. Não dê vitória à mentira. Vote pensando que seu único voto fará a diferença. Vença pelo seu único voto.

Tags: único voto, demiurgo, maioria de 50%, parasitas, democracia, ilusão de eleitores, estado improdutivo

Um comentário:

Paulo Tarso Outeiro Vieira disse...

Boa Tarde,

O texto é ótimo para incitar as necessárias discussões políticas e politizadas. Mas ainda engatinhamos quando o assunto é cultura social. Enquanto o famigerado "jeitinho" continuar; as mazelas tem energia para se perpetuar no estado Brasileiro.