domingo, 13 de junho de 2010

O QUE É CORRUPÇÃO


A corrupção é assunto corrente deste blog. A partir desta data, publicaremos artigos sobre determinados assuntos ou maneiras de proceder da Administração Pública que favorecem atos corruptos. Sendo assim, neste dia começamos com uma resumida definição de corrupção.

Corrupção significa o uso ilegal do poder político e financeiro de organismos estatais com objetivo de desviar renda pública para indivíduos ou grupos ligados por interesses comuns. Qualquer dicionário põe como sinônimos a depravação, suborno e a desmoralização do agente público ou privado.

A sociedade capitalista comporta pessoas que agem segundo as leis e outras que as desrespeitam no próprio benefício. Quem desrespeita a lei, furtando, roubando ou assassinando, comete crimes. No crime de corrupção política, os criminosos usam posições de poder político para praticar atos ilegais contra a sociedade sempre capitalista.

Isto é, corrupção implica que as leis e as políticas públicas são usadas para beneficiar os agentes econômicos corruptos e não à população do país. A necessidade de esconder os negócios corruptos leva os agentes privados e públicos a aumentar a complexidade técnica dos projetos de investimentos necessários e, com isso, seu custo.

Como consequência, os investimentos realizados não são os mais eficientes para o desenvolvimento econômico. A qualidade dos serviços estatais e da infraestrutura econômica diminui. Em contrapartida, a corrupção aumenta as pressões sobre o orçamento do governo. Esta pressão, por sua vez, obriga ao aumento da tributação.

Acrescente-se que corrupção não é só suborno. O nepotismo e o uso de fundos públicos para pagar salários a pessoas que não trabalham diretamente para o estado também é corrupção. São crimes que afetam principalmente a máquina pública por meio de acesso privilegiado a serviços públicos de superfaturamentos em contratos de obras e de serviços públicos delegados.

Tags: definição de corrupção, crime de corrupção, dinheiro público, ineficiência

Nenhum comentário: