terça-feira, 15 de junho de 2010

AS CAUSAS DA CORRUPÇÃO SOCIAL


Jean Jacques Rousseau é o autor do livro “Discurso sobre a origem e os fundamentos da desigualdade entre os homens”. Ele escreveu: o homem nasce igual ao bom selvagem, mas a sociedade o corrompe. Nem seria necessário citar autores famosos para concluir que a Administração Pública é feita por homens sujeitados à tentação ou a se corromperem. Aliás, parece que Rousseau não tinha razão.

Cesare Bonesana Beccaria escreveu, em 1763/64, um livro que até hoje é referência no processo penal. Aliás, o processo penal ainda não está no elevado nível das argumentações de Beccaria. O processo administrativo, então, está na idade média.

Cesare Beccaria escreveu:
“As vantagens da sociedade devem ser distribuídas eqüitativamente entre todos os seus membros.
Entretanto, numa reunião de homens, percebe-se a tendência contínua de concentrar no menor número os privilégios, o poder e a felicidade, e só deixar à maioria miséria e debilidade.
Apenas com boas leis se podem impedir esses abusos. Mas, freqüentemente os homens deixam a leis provisórias e à prudência ocasional o cuidado de regular os negócios mais importantes, quando não os confiam à vontade daqueles que têm interesse em se opor às melhores instituições e às leis sábias.”
(Dos delitos e das penas. São Paulo: Editora Martin Claret Ltda. 2007, página 15).

A lógica desse trecho de Cesare Beccaria mostra que os homens corruptos operam desviando dinheiro público com desvio facilitado pela impunidade resultante das leis que os favorecem. Leis que, muitas vezes, foram feitas pelos próprios corruptos.

Se os processos administrativos que julgam a administração do dinheiro público fossem bem feitos e efetivos, então haveria menos casos de crimes de corrupção a serem apurados pela polícia. Certamente o prejuízo e o impacto não seriam tão sérios contra a sociedade capitalista.

Os parágrafos anteriores são suficientes para concluir que as causas da corrupção estão dentro do homem capitalista. O homem não é só corrompido pela sociedade, mas também já nasce com defeitos. Dessa maneira, não há como mudar o homem transformando-o num ser incorruptível como querem os progressistas ou socialistas. Só se pode elaborar leis mais condizentes com o homem cristão e sempre capitalista.

Tags: causas da corrupção, Cesare Beccaria, Rousseau, processo administrativo, homem corrupto

Nenhum comentário: