quinta-feira, 15 de abril de 2010

KARL MARX INVENTOU UM SISTEMA SOCIALISTA EM OPOSIÇÃO AO HOMEM CAPITALISTA, MAS O ESTADO RESULTANTE FOI TOTALITÁRIO E ATEU


Foto de pico nos arredores de La Paz

Karl Marx criticou a economia política de Smith e afirmou que o capitalismo estaria constantemente à beira da derrocada.

Em 1867, noventa anos depois de Smith, Karl Marx publicou a primeira edição do livro “O Capital”. Em português. A edição é composta de seis volumes, três livros e 2.600 páginas. Marx foi o responsável pelo termo capitalismo. A maioria dos seus seguidores não leu integralmente o original ou alguma tradução. Leram outros escritos do autor, como, por exemplo: o “Manifesto Comunista” de 1848.

Marx criticava a economia de mercado. Dizia que a mão invisível do mercado não existia. Segundo ele, só existia a mão visível do capitalista explorando a mais valia do trabalhador. Essa exploração seria facilitada pelo governo que interferia no mercado para favorecer o detentor de meios de produção ou capitalista. Afirmava ser necessário eliminar essa exploração e transferi-la de volta ao trabalhador por meio da centralização de todos os meios de produção no estado que redistribuiria aos proletários os excedentes produzidos pelo trabalho.

Segundo Marx, o mercado nunca estaria equilibrado. Logo, o preço de mercado jamais existiria e, nesse caso, o valor da mercadoria deveria ser determinado exclusivamente pelo custo do trabalho nela inserido. O lucro seria uma extração de mais valia (exploração de quem trabalha), a qual deveria ser eliminada por intermédio de um estado que planificaria a economia e fixaria preços conforme custos do trabalho de produção.

O lucro do empresário (que também trabalha) seria uma injustiça com o trabalhador, pois este merecia ficar com o lucro do próprio trabalho. Para corrigir essa aparente injustiça Marx formulou o estado comunista que, segundo ele, eliminaria o capitalista explorador e retornaria o lucro ao trabalhador.

Prosseguindo, Marx disse que a necessidade de lucro e de acumulação do capital faria o capitalismo estar em constante crise. Chegaria o dia em que o proletário apenas empurraria as portas abertas do capitalismo e formaria um novo estado comunista.

Na Rússia, esse dia chegou, mas o estado resultante foi totalitário e se esvaiu em 1989. Na verdade, o estado comunista eliminou até a esperança daquele que acredita que trabalhar produz comida e riqueza. Com isso, a sociedade socialista russa perdeu muita produção e muitos talentos individuais.

O povo russo sofria de pobreza espiritual porque a ditadura impedia até mesmo a manifestação da crença em Deus. Por outro lado, a pobreza material aumentou porque ninguém queria produzir para um estado que se dizia dono e produtor de tudo. Nenhum pai tinha liberdade de ensinar os valores do trabalho e do sentimento cristão para seu filho porque os mesmos deveriam ser internados em escolas públicas muito cedo.

Tags: Marx, mais valia, custo do trabalho, estado totalitário, mercado equilibrado, O Capital, Manifesto Comunista, religião marxista, ateísmo, satanismo

2 comentários:

Valderi Felizado da Silva disse...

Você é louco ou doido?
Já assistiu o filme SICKO?
Ah...é o capitalismo, né?
Que morram os pobres, não?
Se todos os pobres morrerem - e os EEUU davam um passo enorme em seu INEFICAZ e CARO sistema de saúde - o capitalismo, enfim, triunfaria de vento em poupa.
Quem é você de dizer algo de DEUS?
Quem diz que Deus é capitalista, desconhece JESUS, o maior homem que falou sobre o SOCIALISMO de verdade. Ou nunca leu Atos dos Apóstolos?
Mas desconfio que só leia Adam Smith...

NAVARRO disse...

Valderifs,
Por que essa revolta toda? Que luta é esta que você pensa que existe entre o homem capitalista que você é e o socialismo que quer te desconstruir.
Você se acha perfeito? Não precisa de Deus?
Os pobres de hoje são mais assistidos por particulares do que pelo estado que tem muitos recursos para socorrê-los.
O estado socialista é igual a besta do apocalipse que só aumenta sua monstruosidade construindo bomba atômica e produzindo guerras.
O estado nazista alemão era socialista (nacional socialista). O estado russo (você pensa que era democrático) matou vinte milhões de russos.
Você está cego.