terça-feira, 16 de março de 2010

A JUSTIÇA PODE SER REPRESENTADA POR MULHER, MAS NÃO PELADA.



Conta-se que em 1953 o Governador do Estado do Paraná encomendou uma escultura do homem paranaense para colocar na praça em frente ao palácio de governo. Também encomendou ao mesmo artista uma escultura de mulher (justiça cega) para colocar na frente do palácio da justiça.

A construção do palácio atrasou e o homem paranaense (escultura de homem nu) foi colocado na Praça Dezenove de Dezembro em 1956. A escultura de mulher não foi colocada na frente do palácio de justiça porque os juízes e juristas da época não aceitaram.

Era uma mulher nua, gorda, sem venda e sem o pêndulo da justiça. Tinha olhos bem abertos e sorriso maroto. A estátua ficou escondida por vinte anos atrás do palácio do governo até que decidiram assentá-la na mesma Praça do Homem Nu.

A Dona Justa pode ser cega, mas não pode ser pelada por conta do preconceito social. Atualmente há reivindicações veiculadas pela internet para que a estátua da mulher pelada seja colocada no local que lhe era reservado. Será que ainda será proibido?

Tags:estátua homem nu, estátua mulher pelada, Praça Dezenove de Dezembro, Curitiba, justiça cega

Um comentário:

Eloiza disse...

deixem a estátua da mulher onde está e cuidem de reivindicar outras coisas ,que são melhores para toda população.